Teletrabalho: A Vector ITC recomenda 5 medidas-chave para melhorar a produtividade face à quarentena

Vector ITC, um grupo tecnológico e digital internacional, entende que em face da situação em que nos encontramos a nível global devido ao Coronavirus, muitas empresas têm apostado em continuar as suas actividades remotamente através do teletrabalho, sem o terem implementado previamente entre os seus colaboradores. Toda esta mudança é mais fácil se as empresas tiverem uma cultura de “Agilidade Empresarial”, uma habilidade fundamental que permite a uma organização reagir e responder às mudanças de forma inovadora e criativa, de forma a gerar benefícios, adaptando rapidamente o seu sistema ao ambiente.

Antes do início da pandemia, a Espanha era um dos países da Europa com uma das mais baixas taxas de teletrabalho. De acordo com dados do INE, apenas 7,5% das pessoas empregadas trabalham a partir de casa, pelo menos ocasionalmente, ao contrário de países como os Países Baixos, a Suécia, a Finlândia ou a Islândia, onde quase 30% dos trabalhadores o fazem regularmente. Isto reflecte o facto de os espanhóis não terem esta modalidade incorporada, pelo que é necessário fornecer aos trabalhadores ferramentas que os ajudem na sua produtividade.

Como passo inicial para evoluir a agilidade, as empresas devem primeiro adotar uma mentalidade “Ágil”. Graças a esta abordagem, as áreas de negócio e desenvolvimento trabalham em conjunto, reduzindo a lacuna que pode existir entre as duas e que afecta o produto ou solução. 91% das empresas de software em todo o mundo já adotaram este tipo de mentalidade, devido aos benefícios que ela traz em termos de velocidade de execução, produtividade e rentabilidade.

O que podemos fazer para trabalhar remotamente de forma eficaz neste momento? A Vector ITC recomenda seguir estas 5 directrizes:

1- Ligue a câmera quando puder para não perder a comunicação não verbal com seus colegas de equipe e evitar o sentimento de isolamento e a diminuição do sentimento de pertencer.

2- É muito importante escolher o canal de comunicação mais adequado, dependendo de três fatores: quantidade e complexidade da informação, urgência da resposta e interrupções geradas.

3- Evite ter muitas abas abertas durante as reuniões virtuais e tente que o microfone fique mudo quando não estiver falando.

4- Mantenha uma rotina diária, tome um banho e vista-se como se fosse para o escritório. Lembre-se que se você tem uma reunião na câmera, você também tem que parecer apresentável. Também é importante manter o trabalho e o lazer separados.

5- Criar um espaço exclusivo para trabalhar e se possível sempre o mesmo. Preste atenção à sua postura corporal, tal como faria no escritório.

Graças à tecnologia existem muitas ferramentas que podemos disponibilizar às nossas equipas para trabalharem de forma eficiente e colaborativa à distância. Por exemplo, hoje 99% dos 1800 profissionais do grupo da Vector ITC, na EMEA, são teletrabalhadores. O principal benefício do método Agile é que ele permite trabalhar em ciclos curtos e incrementais, melhorando os tempos de aprendizagem.

“As hierarquias clássicas são um obstáculo à adoção da agilidade empresarial como metodologia do futuro, que transcende o setor tecnológico”. Desta forma, equipas altamente eficazes não emergem espontaneamente, mas são construídas”, diz David Alejano, Chefe do Digital Culture & Enterprise Agility Enabler da Vector ITC.